top of page
  • Foto do escritorFrancis Júnior Jornalista

Monlevade paga o piso da enfermagem

João Monlevade foi a primeira cidade da região a efetuar o pagamento.

O salário com o reajuste, mais o retroativo referente a 12 de maio, foi pago na sexta-feira, dia 28 de julho, data em que os servidores públicos do município receberam o pagamento do mês de julho.

A adoção do piso foi garantida em projeto que o prefeito Laércio Ribeiro (PT) e o vice-prefeito Fabrício Lopes (Avante), encaminharam para aprovação na Câmara de Vereadores.

Como o Governo Federal ainda não havia feito o repasse de verbas aos estados e municípios para efetivar o piso nacional, João Monlevade efetuou o pagamento de seus profissionais de enfermagem com recursos próprios.

Com isso, os enfermeiros do município passaram a receber R$ 4.750, técnicos de enfermagem R$ 3.325 e auxiliares de enfermagem R$ 2.375. No total 62 técnicos de enfermagem, 38 enfermeiros e 20 auxiliares de enfermagem foram beneficiados com a medida.

Ao todo, o município pagou R$ 532.878,43 em salários de julho e retroativos de maio e junho.

Reconhecimento aos profissionais

O prefeito Laércio Ribeiro lembrou do compromisso assumido com a classe ainda no início do ano, quando assinou o acordo coletivo com o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de João Monlevade (Sintramon). “Os enfermeiros lutam por esse reconhecimento há vários anos. Sabemos do valor desses profissionais e como eles se dedicam à Saúde do município. Reconhecer esse direito não é mais do que nossa obrigação”, declarou.

E o vice-prefeito Fabrício Lopes reafirmou que são inúmeras as contribuições que os profissionais da enfermagem oferecem à população. “Ao garantir o piso nacional, a nossa administração quer demonstrar o respeito que temos pela enfermagem” concluiu.

85 visualizações
  • Whatsapp
  • Instagram
bottom of page