top of page
disp-AM-Aniv-Andrade-1160x160.png
  • Foto do escritorFrancis Júnior Jornalista

Hospital Margarida superlotado

Com muitos internados a prioridade é para casos de extrema urgência.

O Hospital Margarida divulgou nota na tarde desta quinta-feira (29/02) informando à população que atingiu o nível máximo de atendimento.

E diante da situação, emitiu solicitação às pessoas que só procurem as unidades básicas de saúde, incluindo a Policlínica se apresentarem sintomas de Dengue ou Chikungunya.

Ir ao Hospital apenas em casos de extrema urgência.

Boa parte dos pacientes que superlotam o hospital apresentam sintomas graves devido à dengue ou Covid.

Morte devido à dengue

João Monlevade registrou o primeiro óbito causado por dengue. Trata-se de uma mulher de 37 anos, portadora de comorbidade. Ela faleceu no dia 23 no Hospital Margarida.

Essa morte é uma das quatro que estavam em investigação no município. Outras duas continuam aguardando resultado de exames. Uma já foi descartada.

Ao todo, João Monlevade registra até o momento 2.573 casos de dengue notificados, dos quais 2.270 foram confirmados e 55 aguardam resultado. Já os casos de Chikungunya somam 336 notificações, dos quais 117 foram confirmados e 203 aguardando resultados.

363 visualizações
  • Whatsapp
  • Instagram
bottom of page