top of page
  • Foto do escritorFrancis Júnior Jornalista

Casos de dengue disparam

Em João Monlevade, semana será de combate ao mosquito transmissor da dengue.


Em João Monlevade, do início de janeiro até sexta-feira, dia 24, foram registrados 285 casos positivos de dengue. Um número bastante alto se comparado com o mesmo período do ano passado, quando houve registro de apenas sete casos.

O aumento de notificações no município acende um alerta para que a população redobre os cuidados de limpeza e eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti em seu quintal e em locais que possam abrigar possíveis criadouros.

Os bairros com mais focos

Os dados registrados pela Vigilância em Saúde (Visa) de João Monlevade destacam que os bairros com maior incidência de casos de dengue são José Elói, Laranjeiras, Alvorada, Cruzeiro Celeste, Nossa Senhora da Conceição, Planalto, Santa Cecília, Novo Cruzeiro e Lucília.

Atenção que João Monlevade também tem um caso confirmado de chikungunya no bairro Laranjeiras e, até o momento, não houve confirmação de infecção por zika.

De acordo com a coordenadora da Visa, Viviane Ambrósio, a campanha de combate aos focos do mosquito serão intensificadas a partir desta segunda-feira, dia 27, mas cada um deve fazer a sua parte na remoção de água parada no quintal ou nas calhas, além de manter caixas, tonéis e barris bem tampados. O lixo deve ser acondicionado em sacos plásticos e as lixeiras devem ficar sempre bem fechadas.

Moradores resistem

A enfermeira revelou que, dentre as ações adotadas estão a intensificação de vistorias, mutirões (inclusive aos sábados) e a realização de campanha de Combate à Dengue. Trabalho dificultado por alguns moradores que não permitem a entrada dos agentes de endemias nos quintais de suas residências.

Denúncias

Os possíveis focos de dengue podem ser denunciados pelos telefones 3859-2576 ou 3859-2575.

18 visualizações
  • Whatsapp
  • Instagram
bottom of page