top of page
disp-AM-Aniv-Andrade-1160x160.png
  • Foto do escritorFrancis Júnior Jornalista

ArcelorMittal testa sirenes

A medida faz parte do Plano de Ação de Emergência da Hidrelétrica do Jacuí!

Em continuidade ao Plano de Ação de Emergência (PAE) da Hidrelétrica localizada no bairro Jacuí (PCH - Piracicaba), a ArcelorMittal acionou as sirenes para testes. Foi nesta segunda-feira, 6 de novembro, às 10h.

O procedimento é preventivo com o objetivo exclusivo de testar o correto funcionamento e eficiência dos equipamentos. O som das sirenes foi ouvido nos bairros Jacui, Pedreira, Centro Industrial e Santa Cruz.

As sirenes são parte do PAE, que é um planejamento preventivo contínuo relacionado à hidrelétrica, que contou com o cadastro dos moradores ribeirinhos, sinalização das rotas de fuga e pontos de encontro, além dos exercícios simulados com a participação dos moradores dos bairros Centro Industrial e Santa Cruz, como os já realizados em 2021 e 2022.

Simulado de emergência

Assim como nos anos anteriores, está prevista a realização em novembro de 2023 de um novo exercício simulado de evacuação, que também é uma exigência legal e está dentro do Plano de Ação de Emergência da Hidrelétrica (PCH Piracicaba).

Os preparativos estão em andamento e em breve todos os envolvidos, incluindo os moradores que residem nas áreas abrangidas pelo PAE, serão novamente comunicados e convidados a participar.

Cabe ressaltar que todo o trabalho é preventivo e fiscalizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). As iniciativas de segurança também seguem as orientações técnicas e o acompanhamento da Coordenadoria de Defesa Civil.

Mais informações podem ser esclarecidas com a Defesa Civil de João Monlevade através do telefone (31) 99361-0131.

Afogamento no Rio Piracicaba

Enquanto as sirenes tocavam na região do Centro Industrial homens do Corpo de Bombeiros vasculhavam as águas do Rio Piracicaba, na região do bairro Jacuí, à procura do corpo de um homem que morreu afogado no domingo.

Essa tragédia foi em local abaixo da barragem da hidrelétrica, onde algumas pessoas já tinham o costume de nadar e onde já houve o registro de mortes por afogamento.

Neste domingo dois homens, de 21 e 29 anos, estavam nadando quando desapareceram. O corpo de um deles foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros de São Gonçalo do Rio Abaixo. As buscas pelo segundo continuaram nesta segunda-feira.

139 visualizações
  • Whatsapp
  • Instagram
bottom of page