top of page
disp-AM-Aniv-Andrade-1160x160.png
  • Foto do escritorFrancis Júnior Jornalista

UEMG amplia produção de sabão

A produção é viabilizada pelo óleo de cozinha usado doado pela comunidade.

Em João Monlevade o projeto "Recicla Óleo – Uma mão lava a outra" evita o descarte incorreto de óleo de cozinha, produto que, em laboratório, é transformado em sabão.

Essa ação desenvolvida pela UEMG MONLEVADE, promove a sustentabilidade ambiental e humana, uma vez que evita maior degradação, principalmente dos recursos hídricos, e fornece o sabão (em barra e líquido) para instituições de assistência social de João Monlevade e cidades da região.

Homenagem na Câmara

O projeto foi homenageado pela Câmara de Vereadores nesta quarta-feira (10/05/2023) quando a professora Fabrícia Avelar de Jesus e o professor Agostinho Ferreira receberam uma Moção de Aplausos.

Sobre a homenagem o projeto, de autoria do vereador Wanderley Miranda foi aprovado com o voto de todos os demais vereadores.

As pessoas interessadas em fazer a troca do óleo de cozinha usado por sabão devem comparecer nas sedes da UEMG, no bairro Baú ou no bairro Santa Bárbara. A faculdade repassa um litro de sabão por dois litros de óleo.

Sabão diferenciado

Vale destacar que o sabão, em barra ou líquido, produzido no laboratório da UEMG é bem diferente do sabão que algumas pessoas produzem em casa, visto que os ingredientes são testados e adicionados de forma correta.

E vale destacar ainda que nos próximos dias já será produzido o sabão em pó.

O autor da Moção, vereador Vanderlei Miranda, destacou que a homenagem é um reconhecimento ao projeto, além de ser uma oportunidade de divulgação para a sociedade. E o presidente da Câmara, Fernando Linhares, parabenizou os integrantes do projeto e reconheceu a iniciativa como “um exemplo notável de boas práticas que contribuem para a melhoria da sociedade”.

9 visualizações
  • Whatsapp
  • Instagram
bottom of page