top of page
  • Foto do escritorFrancis Júnior Jornalista

SEVOR retoma capacitação

Os socorristas passam por atividades de reforço do conhecimento.

Na imagem a presidente do Serviço Voluntário de Resgate (SEVOR), Maria de Lourdes, os socorristas Misael e Márcio em homenagem ao tenente Aércio, e a médica Tebrine que coordena o Núcleo de Educação em Emergência e Urgência da entidade (NEU).

A homenagem foi feita durante a retomada dos trabalhos de qualificação e treinamento em atividade do NEU. Assim, foi realizada a primeira aula do curso de educação continuada que conta com parceria da Polícia Militar, PRF, Associação Médica e secretarias municipais de saúde e de educação.

São 240 horas

Num total os socorristas terão que passar por 240 horas de treinamento e capacitação. Hoje o SEVOR conta com 80 voluntários dentre socorristas, agentes da administração e operador de comunicação.

Polícia Militar

Dentre os temas tratados na atividade do dia 23, destaque para o papel constitucional da Polícia Militar na segurança pública, atribuições precípuas em ocorrências envolvendo pessoas com surto psicótico, quando e como o SEVOR deve acionar a Polícia Militar, assuntos que foram abordados pelo tenente Aércio.

Vale destacar também o nobre trabalho que o SEVOR desenvolve no salvamento de vidas, seja nas rodovias ou nas ruas de João Monlevade (até mesmo acidentes domésticos), e que merece reconhecimento e o apoio de toda a sociedade. Os socorristas são voluntários, ninguém recebe salário.

149 visualizações
  • Whatsapp
  • Instagram
bottom of page