top of page
  • Foto do escritorFrancis Júnior Jornalista

São Gonçalo registra seus bens imateriais

A Guarda de Congado Nossa Senhora do Rosário será patrimônio imaterial.

Em São Gonçalo do Rio Abaixo três instituições estão em processo de Registro de Salva Guarda como bens imateriais:

- Guarda de Congado do Borges (foto), criada em 1991 e tem como atual presidente Tamires Reis;

- Folia de Reis, que vem da época colonial e se instalou no bairro Santa Efigênia, por meio da Associação que resgatou a tradição;

- Corporação Musical Santa Cecília que é tão antiga quanto a própria São Gonçalo do Rio Abaixo, tendo origem no século XVIII, com atuação voltada para os ofícios religiosos e também de cunho social.

O processo é administrado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG), através da Secretaria de Cultura e Turismo e Setor de Patrimônio e Turismo.

São Gonçalo do Rio Abaixo já possui diversos bens protegidos pelo Iepha/MG, entre eles a Fazenda Brejaúba e as igrejas Matriz de São Gonçalo do Amarante, Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia, além da Irmandade Nossa Senhora da Guia.

13 visualizações
  • Whatsapp
  • Instagram
bottom of page