top of page
  • Foto do escritorFrancis Júnior Jornalista

Maior patrimônio ambiental

O Floresta Clube é um tesouro que os monlevadenses precisam visitar e valorizar!

“Não bastam só olhos para ver! É preciso coração para sentir”. Assim um visitante definiu o Floresta Clube Dr. Henri Meyres que hoje é o maior patrimônio ambiental de João Monlevade.

Está localizado na região do Centro Industrial (nosso centro histórico) em meio à reserva natural de Mata Atlântica. Um bioma extraordinário que poucos conhecem, mas que muito tem à oferecer com sua biodiversidade, trilhas para caminhadas e até um paredão para escaladas.

Mata Atlântica

Há regiões do Brasil em que resquícios de Mata Atlântica são explorados como atrativos turísticos, mas em João Monlevade, onde a principal vocação continua sendo a exploração mineral e comercial, a cultura e o turismo só agora, nos últimos três anos, entraram para o foco das prioridades dos gestores municipais.

A atual Administração Municipal, através da Fundação Casa de Cultura já implantou o Conselho Municipal de Cultura, o Conselho Municipal de Turismo e o Fundo Municipal de Turismo.

E a Câmara de Vereadores já aprovou também a criação do Plano de Cargos e Salários da Fundação Casa de Cultura que vai viabilizar para a instituição a contratação de funcionários especializados em arte, cultura e turismo, através de concurso público.

Valorização do artista

Neste contexto vale destacar que os artistas, produtores culturais e entidades do setor estão recebendo recursos mais dignos pelo trabalho e, sobre o Floresta Clube, que faz parte do patrimônio histórico e cultural do município, passou por obras de restauração e a estrutura hoje está em perfeitas condições.

Falta adesão popular

Portanto, o Floresta Clube, que em maio vai completar 57 anos, continua lindo e oferecendo encantos, embora os monlevadenses não retribuam com o devido prestígio. Mas, diretores e colaboradores (alguns voluntários) continuam lá,  lutando pela preservação do nosso maior patrimônio ambiental.

Respeito à natureza e à história

Sobre essa realidade o professor de educação física Geraldo Miguel, que por muitos anos administrou a ACM, disse o seguinte: “Nossa cidade, que em breve completará 60 anos, tem no Floresta Clube um personagem da maior relevância. A sua preservação representa um respeito a  natureza que  ali viceja e a rica história do Clube. Quem respeita seu passado, merece ser protagonista do presente”.

Almoço dançante

A beleza natural do Floresta Clube Dr. Henri Meyres pode ser apreciada a qualquer dia da semana, mas aos domingos os visitantes contam com um almoço e show musical ao vivo. A entrada custa apenas R$ 5,00 e mais informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 97338-5081.

*Confere reportagem também no YouTube - Francis Júnior JM

197 visualizações
  • Whatsapp
  • Instagram
bottom of page