top of page
disp-AM-Aniv-Andrade-1160x160.png
  • Foto do escritorFrancis Júnior Jornalista

Coporação Musical Monlevade

Conselho aprova inventariamento e abre caminho para o tombamento da banda.

A Corporação Musical Monlevade, nossa mais popular banda de música que comemora 80 anos de criação, teve seu inventariamento aprovado pelo Conselho Municipal de Patrimônio Cultural.

Com o registro, o grupo se torna um bem imaterial do município. Sua inclusão entre os bens a serem inventariados foi uma sugestão da Fundação Casa de Cultura.

Proteção do bem

O inventário é uma medida que ajuda na proteção do bem e é etapa necessária para o posterior tombamento (no caso de bens materiais) ou registro, em se tratando de bens imateriais, como é o caso da corporação.

Palavras da diretora-presidente da FCC, Nadja Lirio Furtado: “Inventariar as corporações musicais e outras entidades das culturas tradicionais faz parte da nossa obrigação e da nossa função como Fundação Casa de Cultura e como departamento de patrimônio para proteger a história e memórias desses bens, dessas tradições, e nos permite ajudá-los cada vez mais na manutenção dessas manifestações culturais”.

Oito décadas de história

A Corporação Musical Monlevade completou no mês de agosto 80 anos de existência. Com sede no bairro Belmonte (foto), se apresenta em festividades cívicas, religiosas e culturais em João Monlevade e em outras cidades de Minas Gerais e do Brasil, com foco na divulgação da música instrumental e na formação de talentos musicais.

60 visualizações
  • Whatsapp
  • Instagram
bottom of page