top of page
  • Foto do escritorFrancis Júnior Jornalista

Campanha para doação de fotos antigas

Uma das metas é incentivar pessoas a doarem ou cederem para a confecção de réplicas, fotos antigas do município.


O objetivo da Fundação Casa de Cultura de João Monlevade é montar um acervo para divulgação do patrimônio cultural municipal e utilização em programas de educação patrimonial, além de salvaguardar a memória monlevadense. O material ajudará ainda em projeto de futuro museu.

A Diretora-Presidente da Fundação, Nadja Lírio Furtado, complementa: “É lamentável que em 59 anos de sua emancipação, João Monlevade ainda não possua um espaço de referência de memória onde qualquer cidadão possa ter acesso à história de sua comunidade”.

Segundo ela, desde o início de 2021 a instituição empenha-se em negociações com a ArcelorMittal para a cessão temporária de documentos e fotos históricas em posse da Usina para que a Fundação Casa de Cultura viesse, no mínimo, a replicá-los e compor o seu próprio acervo. Mas, a direção da empresa ainda não autorizou a liberação.

Nadja considera que isso seria essencial para a criação de um centro de memória, uma ferramenta de democratização e difusão da história da cidade, facilitando, inclusive, pesquisas e formação de novos conhecimentos sobre o assunto.

Além de fotos e documentos, a Fundação está à procura de quaisquer outros objetos históricos que possam a vir integrar esse acervo. Interessados em colaborar devem comparecer na sede da Fundação, na rua Timóteo, 172, bairro Lucília ou mesmo enviar pelo e-mail casadeculturamonlevade@gmail.com.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3851-4499.

6 visualizações
PM 70-AM-Aniv-MLVD-BVM-1080x1080-Monlevade.png
  • Whatsapp
  • Instagram
bottom of page